Conversas Íntimas
Lactacyd

Quatro truques para um cabelo fácil e invejável

Mais do que uma questão de imaculabilidade, os cabelos querem-se effortless para mostra de estilo e personalidade.

Ondas espontâneas, cabelo seco ao vento e aceitação da textura natural. Estas são as três premissas dos penteados que vão marcar esta e a próxima estação. A prova é que o cabelo effortless que temos tendência a deixar para os dias livres ganhou território em desfiles como o de Alberta Ferretti, já numa antevisão para a primavera-verão do próximo ano. Os truques para um cabelo com textura fácil e invejável, como que a sair do duche, são:

 

1. Dormir com o cabelo semi molhado

Lave o cabelo à noite com um champô nutritivo e um amaciador super-hidratante. Deixe secar parcialmente sem recurso a secador e deite-se. De manhã, vai acordar com o verdadeiro estilo out of bed. Para um cabelo mais suave, dê um toque com sérum. Caso sinta que está com pouco volume, esfregue-o com uma toalha para que fique mais texturizado.

2. Não utilize ferramentas de calor nem secadores

Não o sobrecarregue de produtos também. Se tiver o cabelo fino e que parte com facilidade, não use demasiados cremes e óleos. Hidrate apenas com um azeite próprio para criar uma textura mais agradável. Deixe-o secar ao ar. Para mais movimento e volume, mova o cabelo para um lado. Quando estiver seco nessa parte, faça o mesmo com o lado contrário. Antes de sair de casa, molhe as mãos e aperte ligeiramente os fios, de baixo para cima.

3. Uma vez por semana, uma máscara

Um penteado effortless consegue-se com textura, mas não de aspeto fosco. Para abdicar dos produtos pesados sempre que lavar o cabelo, opte por fazer uma máscara mais hidratante, mas apenas uma vez por semana.

4. O corte pode fazer toda a diferença

O corte do outono é, sem dúvida, o blunt bob. Médio e reto, superpolido e com risco ao meio bastante demarcado. À la Kim Kardashian e Dua Lipa. Mas para um cabelo com mais volume – que aparenta o dobro dos fios –, que pode deixar secar ao ar e evitar o contacto permanente das pontas com as peças de roupa mais quentes, o melhor é tirar-lhe uns centímetros, à altura da mandíbula, e trabalhar com pontas quebradas e texturizadas. Na próxima ida ao cabeleireiro, peça para que “quebre” ligeiramente as pontas com a tesoura.